Seguidores

sábado, 31 de março de 2012

As duas postagens mais acessadas da semana, "nota de Repúdio a politicagem" e "desde 1999 todos os gestores de Bom Sucesso respondem ou responderam a processos judiciais"

 

 

ISRAEL ALVES DE OLIVEIRA; faz nota de repudio contra a politicagem.


Venho aqui; dizer a toda a população da minha cidade amada, que não há mais espaço para a politicagem sebosa, que sempre tem usado de forma perversa o mais fraco para dizer que os politicos tem o poder e são fortes, e que o dinheiro compra até mesmo a dignidade do povo cidadão; a mentira jamais pode prevalecer sobre a verdade; o nosso povo não pode sofrer com estes desrespeito; o que é certo vamos defender e o que é errado vamos denunciar vamos repudiar; o povo tem poder; para mudar qualquer sistema; e o sistema da politicagem, tão defendida por alguns; que é acompra de votos deve acabar; o povo necessita de saúde de qualidade, Educação e outros beneficios que todos sabem que são direitos adquiridos.

Repúdio a politicagem e a os meios de comunicação que usam o veiculo de maneira tendenciosa.

Fico muito triste por pessoas usarem os meus de comunicações (tvs, rádio, blogs e varios outros meios de comunicação) para omitir os fatos da dura realidade vivida por todos nós; até respeito o discurso daqueles que procura tirar proveito da oratória; mas deixar de dizer a verdade e fantasiar acontecimentos; onde todos sabem da realidade isto é inadmissivel e triste.

fico triste por pessoas omitir a verdade e os fatos ; passo a imaginar como tais pessoas podem ser tão más, mesquinhas e de uma mentalidade sórdida, a tal ponto de cometerem essas atrocidades politiqueiras e usam meios de comunicações para destorcer a verdade. Tudo isso são mazelas cancerígenas instaladas no meio da sociedade que tentam manipular ou alienar as pessoas. No mínimo, tudo isto é repudiante, essas atitudes mesquinhas de indivíduos pusilânimes que acabam gerando um terrível mal a pessoas de boa índole.


A imparcialidade, a ética e a garantia de ambas as versões, são deveres de qualquer meio de comunicação, seja ele televisivo, escrito, falado ou on-line. Somos o quarto maior poder e não pode ser ridicularizado por mentes podres e sórdidas.

Para os mandriões que não gostam de folhear a constituição federal, vejam.

Artigo 7.º

1 - É substituída a epígrafe do artigo 39.º da Constituição por:

«(Regulação da comunicação social)»

2 - O artigo 39.º da Constituição passa a ter a seguinte redação:

«1. Cabe a uma entidade administrativa independente assegurar nos meios de comunicação social:

a) O direito à informação e a liberdade de imprensa;

b) A não concentração da titularidade dos meios de comunicação social;

c) A independência perante o poder político e o poder econômico;

d) O respeito pelos direitos, liberdades e garantias pessoais;

e) O respeito pelas normas reguladoras das atividades de comunicação social;

f) A possibilidade de expressão e confronto das diversas correntes de opinião;

g) O exercício dos direitos de antena, de resposta e de réplica política.



Em tudo que escrevo ou falo, expressando os meus ideais ou pensamentos, não tenho nem um temor em expor minha identificação, até porque não uso dos artifícios comunicáveis para adquirir vantagens, cargos ou benefícios. Orgulhosamente sou de Bom Sucesso-PB, e todos sabem que meu nome é ISRAEL ALVES DE OLIVEIRA.

Para a minha felicidade, trabalho de maneira honrosa e dedicada e que sou respeitado no que faço e não me submeto a censura ou contesta as minhas expressões quando exponho meus pensamentos e opiniões. E ainda, democraticamente me permite o sagrado direito de escolha no exercício da minha cidadania.

Continuarei criticando ou elogiando quando se fizer necessário, sem cair no ridículo é claro, e doa a quem doer independente a quem quer que sejam os seguimentos: partidários, religiosos etc. E a todas as esferas, sejam elas federal, estadual ou municipal baseando-me sempre nos fundamentos existentes.

Essa meia dúzia de malfeitores de politicos que usam a politicagem; e de babões que só sabem bajular os políticos, ainda mais quando outrora viviam rasgando seda e hoje atiram pedras ou virse versa, esses jamais terão moral alguma perante a minha pessoa e perante a sociedade, todos nós sabemos que essas pessoas é a desmoralização sumária.

Políticos que só esperam o dia da eleição para tentar comprar a dgnidade das pessoas; e que nos meios de comunicações e nos palanques;  falam contra a compra de votos e contra a politicagem; e na realidade são a favor e fazem, desrespeitando a legislação eleitoral; e o povo inocentemente é usado só pra dizer os que eles querem, esses não merecem a confiança da nossa gente, justamente esse povo que os conduz ao poder e que depois viram as costas e continuam cada vez mais crescendo seus patrimônios, pois todos, independentemente de quem quer que sejam são tão somente dignos do nosso repúdio.


Por ISRAEL ALVES.

Levantamento mostra que desde o ano de 1999 até os dias atuais todos os gestores de Bom Sucesso respondem ou responderam a processos judiciais.


 
 

Um levantamento feito através dos portais da justiça seja na esfera Federal ou Estadual, mostra a dura realidade de um pequeno município, onde os gestores não conseguem se manter em um padrão ético e de pura obediência administrativa ou na vida cotidiana.

O município é Bom Sucesso – PB no interior da Paraíba, e o povo dessa pequena cidade passa observar o comportamento dos gestores públicos municipais (políticos); devido este ou aquele querer demonstrar ao contrario da nossa triste e dura realidade. Dizer que este ou aquele político não fez algo de errado na administração municipal é difícil acreditar; pois os fatos mostra a realidade nada satisfatória, e o que se nota é que os órgãos que fiscalizam a administração publica encontra fortes indícios de que os gestores não tem cuidado bem da edilidade municipal e nem das finanças públicas entre outros aspectos, existem até mesmo indícios de improbidade administrativa. A população fica triste e aborrecida com tanta denuncia contra os nossos gestores; muito embora que tem aqueles que querem demonstrar inocência, mas não é este o mesmo entendimento de órgãos de fiscalização e da justiça, quando não se devolve dinheiro a os cofres públicos, respondem por atos de improbidade entre outros diversos aspectos devidamente investigado, como na vida comum. Não existe este ou aquele que venha a publicar inocência extrema não podendo acusar os seus pares da administração.
Desde de 1999 até hoje 2012, os nossos gestores sofrem ou sofreram algum tipo de investigação, respondendo a alguns processos judiciais. Ficamos tristes com estes acontecimentos; não podemos ter alegria em fazermos publicação destes fatos, não dá pra se alegrar com este Cenário que as vezes nos envergonham, pode até alguém ficar alegre com estes fatos, mais com certeza é uma minoria. Não irei publicar nomes e nem os números dos processos aqui abordados, porque é antiético e não é esta a minha intenção, em denegrir a imagem de ninguém, mas as provas sobre os assuntos mencionados temos, e qualquer um cidadão pode consultar nos portais da justiça e observar que o que publicamos é a dura realidade.
Mas podemos fazer algo que melhore esta situação caótica; e é através do voto para o legislativo (para fiscalizar) e para o executivo (para administrar e executar), pois o que não se pode é aceitar estes fatos como coisa comum.


A NOTICIA BOM SUCESSO PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário