Seguidores

terça-feira, 30 de setembro de 2014

FPM tem crescimento de 14,1% na Paraíba

http://www.cnm.org.br/portal/images/stories/comunicacao/financas/04062014_FPM_nova_AgCNM-pequeno.jpg

Acumulado de recursos chega a 137 milhões , que representa aumento de 14,1%.

Compartilhe
O governo federal credita hoje, nas contas das 223 prefeituras da Paraíba, o repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) referente ao 3º decêndio do mês de setembro. O valor total é de R$ 31,7 milhões, já descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). O acumulado de recursos do FPM transferidos no mês aos prefeitos paraibanos chega a 137 milhões, o que representa um aumento de 14,1% em relação ao mesmo período de 2013, que foi de R$ 120 milhões.
Os valores foram informados pela Secretaria do Tesouro Nacional. As maiores fatias ficam com João Pessoa e Campina Grande. Nesta terça-feira, a prefeitura da capital recebe mais de R$ 17 milhões e a Rainha da Borborema, R$ 4,5 milhões.
Em nível de Brasil, os municípios brasileiros recebem hoje do Fundo de Participação dos Municípios R$ 982.989.277,09. O montante, segundo a Confederação Nacional de Municípios (CNM), considera o desconto destinado ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (Fundeb). Sem essa retenção, o valor do decêndio chega a R$ 1.228.736.596,36.
NO ANO
Em relação ao valor acumulado no mês, no país, ele soma R$ 5,282 bilhões, enquanto que no mesmo período do ano anterior o acumulado ficou em R$ 4,952 bilhões. Já no acumulado do início do ano até agora, no FPM soma R$ 57,948 bilhões com esse ultimo decêndio. No mesmo período de 2013, ele estava em R$ 55,829 bilhões, o que também demonstra crescimento de 3,8%, em termos reais.
A CNM informa que a previsão para outubro é de aumento de 2% com relação ao mês de setembro. No entanto, a entidade ressalta que este valor é apenas uma estimativa de Receita Federal e está sujeita a alterações.

Jornal da Paraíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário