Seguidores

sábado, 25 de abril de 2015

Suspeito de matar bebê é preso no Sertão paraibano

Foi preso neste sábado (25) o suspeito de matar um bebê de 11 meses, baleado no município de Sousa, no Sertão paraibano, no dia 23 de março. Segundo a Polícia Civil, o servente de pedreiro confessou o crime e disse ter atirado para tentar matar seu "inimigo", não percebendo a presença da criança. Outro suspeito, já identificado, continua foragido. Na ocasião, outro homem, de 20 anos, também foi ferido com um disparo no abdome.


O Grupo Tático Especial (GTE) da Polícia Civil, juntamente com o Serviço de Inteligência da Polícia Militar de Sousa realizaram campana na zona rural do município, conseguindo localizar o suspeito durante esta manhã no sítio Barracão. O homem de 26 anos já tinha mandado de prisão em aberto e será encaminhado para a Colônia Penal Agrícola de Sousa/PB.

O crime aconteceu por volta das 13h do dia 23 de março, na rua João Gonçalves, no bairro das Areias, em Sousa. Segundo a polícia, o menino estava sentado no colo de outra criança, quando aconteceram os disparos. O bebê foi atingido por um tiro na cabeça.

Ele ainda foi socorrido para o Hospital Regional de Sousa, depois seria transferido para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O rapaz de 20 anos, que também foi baleado no local com um tiro de raspão, foi levado para o hospital de Sousa e liberado depois.

Os policiais foram informados de que o crime foi praticado por dois homens, que chegaram ao local em uma moto. Segundo as informações do 14º Batalhão da PM, a dupla fugiu e a moto utilizada pelos criminosos foi localizada abandonada.

NOSSO PARANA RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário