Seguidores

CIED

CIED

sábado, 17 de junho de 2017

17 de junho dia do aniversário de Bom Sucesso PB, Breve histórico do Municipio

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, óculos de sol e texto

Programação:

17/06 – Sábado

Emancipação política da cidade de Bom Sucesso – PB

08:00 – Hasteamento dos pavilhões de fronte a Prefeitura (Já realizado)
16:00 -  Fest Bloc na Praça de Eventos com Woney Fontes e Felipe Mayk
22:00 -  Festa dançante com Batista Lima, Gilson Mania e Anízio Júnior.

DESENVOLVIMENTO DE BOM SUCESSO

• FATOS HISTÓRICOS

A origem de Bom Sucesso deu-se no século XIX. Estas terras pertencentes ao governo foram divididas de três em três léguas e lançadas em leilão. Bom Sucesso não atingiu as três léguas e sim uma légua e três quadras e foram arrematadas por Antônio Alves Corrimboque. Estas terras passaram mais tarde para o domínio de Francisco Alves, depois para o herdeiro José Alves, passando a sucessão para João Alves, que faleceu solteiro, ficando as terras para seu irmão Lucas Alves de Almeida, esposo de Balbina de Almeida Oliveira (Dona Neném), que mais tarde ficando viúva, doou terras para o patrimônio de São José, juntamente com outros proprietários, iniciando a formação de um povoado.

Em maio de 1890 chegava para residir no Sítio Bom Sucesso Dona Neném, que trazia em si a força de um ideal e a fé em Deus colocando em prática exercícios e festas religiosas.

Antes da construção da capela a casa de Cícero Ferreira da Silva (hoje casa de Data) era local de celebrações de missas, casamentos, batizados, além de seção eleitoral, casamentos civis e ainda funcionou a primeira escola estadual. Com incentivo destas práticas religiosas, Dona Neném sugeriu a ideia da construção de uma capela, tendo como padroeiro São José, a qual foi realizada.

Cícero Ferreira da Silva um dos doadores, em 1914 construiu próximo a capela o primeiro quarto comercial.

Em 1959, Bom Sucesso, era um povoado pertencente à Catolé do Rocha, no mesmo ano com a lei 2.097 de 08 de maio, passou a pertence ao município de Jericó por força do desenvolvimento de Catolé do Rocha.

O município de Bom Sucesso – PB foi criado pela Lei número 3.049 em 17 de junho de 1963 e instalado em 02 de agosto de 1963. Localiza – se na mesorregião do sertão paraibano e na microrregião de Catolé do Rocha. Possui uma área de 184 km².•

ASPECTOS GEOGRÁFICOS

Bom Sucesso está localizado próximo a Catolé do Rocha.
Limites:
Norte: Alexandria – RN
Sul: Jericó e Lagoa
Leste: Brejo dos Santos
Oeste: Santa Cruz.
Habitantes: 5.152 (contagem da população em 2007)
Densidade demográfica: 28 habitantes por Km².

• RELEVO

A região de Bom Sucesso, estando inserida na zona do sertão, apresenta como esta, o mesmo aspecto característico: terreno quase totalmente plano, interrompido por pequenas elevações (serras), das quais se destacam as mais importantes: Serra do Marinheiro, do Maxixe, do Capim e do Cabeço. A sede do município está localizada a 380 metros acima do nível do mar.

• CLIMA

O clima é quente e seco com temperaturas máximas de 30º C e mínimas de 26ºC.

• VEGETAÇÃO

O tipo de vegetação é a caatinga, com plantas características como: marmeleiro, mufumbo, pereiro, jurema, catingueira, cactos espinhentos, cumaru, juazeiro, mandacaru, xique-xique e outras que perdem as folhas durante a seca; com exceção do juazeiro que permanece viscoso.

• PRINCIPAIS RIOS

Existem apenas dois (02) rios temporários que são denominados de Riacho de Bom Sucesso e Riacho do Carneiro.

• ASPECTOS ECONÔMICOS

Principais atividades: Agricultura, Indústria e Comércio. Na agricultura os principais produtos são: algodão, arroz, feijão, milho e fumo. Na pecuária os principais rebanhos são: bovinos, ovinos, suínos e caprinos. A principal atividade industrial do município é a industrialização da cana – de – açúcar. Bom Sucesso conta com alguns engenhos funcionando, cujo período vai de agosto a dezembro. O comércio de nossa região é na sua maior parte varejista. Exportando feijão, arroz, fumo e algodão.

• ASPECTOS POLÍTICOS

Temos uma democracia, onde o povo tem a livre escolha dos seus representantes. Bom Sucesso conta com um prefeito, um vice-prefeito e uma câmara formada por nove vereadores.


• DADOS ATUALIZADOS – ANO 2009


Na área educacional, Bom Sucesso conta com treze escolas em pleno funcionamento. Sendo oito da rede municipal de ensino, quatro da rede estadual e uma da rede particular.
O município oferece os seguintes segmentos: Educação Infantil e Ensino Fundamental (rede municipal, estadual e particular); o Ensino Médio só é oferecido pela rede estadual.
Na área da saúde a referida cidade dispõe do Hospital e Maternidade Severino Viriato e três unidades sanitárias; uma na zona urbana e duas na zona rural.

• PREFEITOS QUE ADMINISTRAÇÃO BOM SUCESSO DE 1963 ATÉ 2016

GALERIA DOS PREFEITOS


Pedro Adelson Guedes dos Santos (Nomeado)
17/06/1963
31/01/1964

Lauro Pereira da Paixão (1º eleito)
31/01/1964
31/01/1969

Raimundo Nobre de Abrantes
31/01/1969
31/01/1973

Raimundo Nobre da Silva
31/01/1973
31/01/1977

Severino Viriato
31/01/1977
31/01/1983

Raimundo Nobre da Silva
31/01/1983
01/01/1989

Arione Agostinho de Lima
01/01/1989
01/01/1993

Ivaldo Washington de Lima
01/01/1993
01/01/1996

Arione Agostinho de Lima
01/01/1996
01/01/2001

Nevanda de Almeida Oliveira
01/01/2001
01/01/2005

Nevanda de Almeida Oliveira
01/01/2005
01/01/2009

Gilson Cavalcante de Oliveira
01/01/2009
01/01/2012

Ivaldo W. de Lima
01/01/2012
01/01/2016

Pedro Caetano Sobrinho
(Em Andamento)
01/01/2016
01/01/2020

BOM SUCESSO – BANDEIRA E BRASÃO

OS SÍMBOLOS NA BANDEIRA


A bandeira é constituída de dimensões padronizadas em módulos com as seguintes características: 06 módulos de comprimento por 03 outros de largura. A cada dois módulos temos um pano com uma coloração diferenciada e juntas as três formam o pavilhão cuja ordem é: vermelho, amarelo e verde, vendo-se da esquerda para a direita. O três panos em cores diferentes representam as três fazendas que deram origem ao município. No pano central cuja cor é amarelo está contido o brasão ou armas da cidade. Um escudo em cima de uma torre de quatro ameias nos lembra a famosa casa da Torre na Bahia de onde vieram os nossos percussores e desbravadores dos sertões paraibanos. No campo do escudo está gravada a figura de uma pomba num momento de trabalho para significar o que diz o lema da comunidade “Trabalho e Paz”. Duplo sentido tem a paz no lema – o primeiro ressalta a cidade ordeira e pacata de Bom Sucesso e a segunda lembra filhos ilustres do município que sem sombra de dúvidas merecem a lembrança, pois foram grandes baluartes na causa progressista de Bom Sucesso.

Necessário se faz falar das cores – o tom vermelho por ser forte lembra o sangue derramado de valorosos guerreiros índios em defesa do seu habitat e brancos portugueses lutando pelo ideal desenvolvimentista. O amarelo como sempre lembra ouro ou riquezas da região, nos lembra o valor que temos que dar ao nosso rincão, e por fim, o verde de nossa flora e suas peculiaridades naturais.


No conjunto, vermelho e verde nos lembra os nossos irmãos portugueses, que não mediram esforços para proporcionar além de nossa cultura, muitos conhecimentos, sem os quais não teríamos saída para o desenvolvimento dos dias atuais.

BANDEIRA E ARMAS MUNICIPAIS DA CIDADE DE BOM SUCESSO


A criação da Bandeira do município é de fundamental importância, pois nela estão contidos os elementos gráficos ou desenhos que representam a história da região, e são lembrados através deles, pessoas e/ou ações que marcaram o trajeto de desenvolvimento de um povo, sua fé e cultura. Torna-se difícil enumerar, quantos e quais foram os que aqui viveram, lutando contra as intempéries do Sertão, e até brigando de fato, com índios destas plagas, adentrando o gado para alcançar os mananciais de água a fim de matar a sede. Sempre junto ao boi, os homens formavam os famosos currais que em pouco tempo tornar-se-ia numa das numerosas fazendas encontradas em todos os livros narradores de nossa expansão territorial.

Nossa história começa com o desenvolvimento de três fazendas: Catolezinho, Santo Antônio e São Bento. Presume-se que sendo Catolé do Rocha fundada nas dependências de desbravadores oriundos da Bahia, mais precisamente sob ordens da Casa da Torre, espalharam-se os Ledos pela região de Catolé formando amontoados de casas em lugares sempre onde a água era abundante. Sem sombra de dúvidas as fazendas que deram origem a Bom Sucesso, receberam vital ajuda deles a ponto de haver ali grande convergência de moradores e sesmeiros e que num determinado dia tocavam e vendiam animais ou produtos da terra, fazendo assim, girar a economia do lugar.


O comércio sempre foi o primeiro passo para a criação de vilas e cidades. Bom Sucesso tem registrado os primeiros comerciantes. Citam-se como pioneiros do lugar: Cícero Ferreira da Silva (também o primeiro comerciante), João Alves de Oliveira, Raimundo Gonçalves de Almeida, Abdon Alves de Lima, João Paes de Lima e Antônio Henrique Cardins. O nome Bom Sucesso, deve-se ao fato de os colonizadores terem em Piancó (atual Pombal) um culto a Nossa Senhora do Bom Sucesso e Nossa Senhora do Rosário das quais eram devotos grande número de cativos trazidos pelos portugueses e até índios daqui que foram catequizados pelos desbravadores. Nossa Emancipação Política aconteceu em: 17 de junho de 1963.

A NOTICIA BOM SUCESSO PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário