Seguidores

CIED

CIED

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Homem acusado de homicídio em Sousa é condenado a mais de 23 anos de reclusão


Na manhã desta terça-feira (8), foi realizado no Fórum Dr. José Maris em Sousa, o julgamento do réu Manoel Messias Pereira da Silva, conhecido também como “Messinho”, onde o mesmo foi condenado a uma pena de 23 anos, 6 meses e 14 dias de reclusão, inicialmente em regime fechado.
Pelo crime de homicídio o réu foi condenado a 21 anos de reclusão de acordo com o Artigo 121, paragrafo 2 e inciso 2 e 4 (motivo fútil sem defesa da vítima). Já pelo crime de porte ilegal de arma de fogo o acusado foi condenado a 2 anos, 6 meses e 14 dias multa.
O réu se encontrava já se encontrava preso e continuará peso na Colônia Penal Agrícola do Sertão. O crime aconteceu no dia 24 de janeiro de 2016, próximo a Escola da Maçonaria, no bairro da Estação em Sousa.
Manoel Messias Pereira da Silva por motivo ciúmes assassinou Mário Valdevino Alves, conhecido como “Nego Mário” com vários tiros de revólver.
Após ser sentenciado, o réu foi levado à Colônia Penal Agrícola do Sertão, onde ficará cumprindo sua pena em regime fechado a disposição da Justiça.
SERTÃO INFORMADO

Nenhum comentário:

Postar um comentário