Seguidores

CIED

CIED

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Bandidos armados explodem caixas eletrônicos de cidades da PB

Mais duas explosões de caixas eletrônicos foram registradas na madrugada desta terça-feira (24) na Paraíba. Os atentados às instituições bancárias aconteceram nas cidades de Pilões, Agreste do estado, e Livramento, na Borborema. Até as 7h30, nenhum suspeito havia sido preso pelos crimes.
Em Pilões (a 117 km de João Pessoa), cinco homens invadiram uma agência de um banco privado por volta das 2h30. Eles instalaram dinamites no caixa eletrônico do local e detonaram os artefatos. Com o impacto da explosão, a agência ficou completamente destruída. A polícia não soube informar se havia dinheiro na máquina, mas confirmou que os bandidos tiveram acesso ao cofre do equipamento.

De acordo com informações do comandante do Batalhão de Polícia Militar de Guarabira, coronel Arilson Valério, enquanto o quinteto instalava os explosivos, três homens vigiavam a movimentação dos policiais próximo ao destacamento militar da cidade. A intenção era dar cobertura a ação do grupo que estava no banco.

“Eles chegaram a atirar contra viaturas da PM quando perceberam que fomos informados do crime. Chegamos a perseguir a quadrilha, mas uma parte do grupo fugiu com destino a zona rural de Arara e outra no sentido da cidade de Areia. Por causa das condições da estrada, acabamos perdendo os suspeitos de vista”, disse o coronel

Segundo Arilson Valério, o caso será entregue à Polícia Civil, que deve assumir as investigações do crime.

Borborema

Em Livramento (distante 243 km da Capital), oito bandidos explodiram o caixa eletrônico de um banco privado. A ação aconteceu por volta das 3h50. A informação é de que o caixa havia sido abastecido nessa segunda-feira (23). Apesar de terem explodido a máquina, os bandidos não conseguiram ter acesso ao cofre do equipamento e o dinheiro ficou retido. Quatro integrantes do grupo fugiram do local usando um carro, enquanto os outros quatro saíram em duas motocicletas.

Portal Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário